25/04/2009

Questões sem glúten - análise



No sentido de perceber os hábitos de consumo dos celíacos que consultam o nosso blogue surgiu a pergunta desta semana sobre qual seria o cereal/grão/fruto sem glúten mais consumido por estes. Numa amostra de 36 votantes e, como esperado, a maioria das respostas foi nas opções que encontramos com maior facilidade no mercado, bem como as mais utilizadas na gastronomia portuguesa.

Desta forma, o arroz (72%) e o milho (19%) destacaram-se das restantes possibilidades, sendo que o primeiro obteve mesmo uma clara maioria, indo de encontro aos factores já anteriormente anunciados. Outra justificação poderá ser o facto da pergunta querer encontrar o mais consumido, o que talvez tenha levado os leitores a escolherem opção mais "comum", mesmo que consumam as outras possibilidades. As reduzidas percentagens de algumas opções, Trigo Sarraceno (2%), Quinoa (2%), Sorgo (2%), e a inexistência de votos nas restantes, Amaranto e Milheto, talvez indiquem o desconhecimento dos votantes sobre os mesmos.

Este possível desconhecimento vem ao encontro do outro objectivo da pergunta semanal, que foi de informar sobre as opções naturalmente isentas de glúten que poderão entrar na dieta celíaca e proporcionar uma maior variedade na alimentação do celíaco. Pretendemos, brevemente, fazer alguns posts sobres estes cereais/grãos/frutos não tão conhecidos na gastronomia portuguesa.


Desafiamos os nossos leitores a comentarem a sondagem e a continuarem a participar na questão sem glúten desta semana.

APC Jovem

2 comentários:

Carla Cardoso disse...

Boa noite,
Gostaria de saber se recomendam algum site em especial que já tenham utilizado com sucesso para encomendar farinha de sorgo. Já encomendei farinha de Teff pelo site alemão mas foi uma verdadeira aventura, já o fiz há mais de 2 semanas e ainda nada me chegou! Relativamente ao sorgo tudo me remete para os Estados Unidos e nada me dá segurança para encomendar devido às enormes burocracias que tudo isto acarreta...
Agradecia alguma "luz" :)))
Obrigada

100gluten disse...

Carla,

Faço frequentemente encomendas dos sites Glutenfrei Supermarkt (Alemanha) e Glutenvrij Markt (Holanda).

Só tive problemas uma vez c a loja alemã e a culpa nem foi deles, mas dos correios alemães q colocaram uma etiqueta na encomenda q tapou metade da minha morada.

Reclamei junto dos CTT e a situação foi resolvida rapidamente. Além disso eles têm um número onde se pode ligar p tirar dúvidas e respondem rapidamente aos emails.

O site holandês tem alguns produtos interessantes como aveia sem glúten, mas recentemente cancelou o pagamento por VISA e agora para os estrangeiros a forma de pagamento é transferência bancária o q implica custos.

Em nenhum destes sites nem dos outros q conheço vendem sorgo. Houve uma leitora do meu blogue q compra as sementes e as mói em casa por isso é uma boa opção desde que n tenha existido contaminação cruzada.

Se quiser experimentar outros produtos feitos com farinha de sorgo há um site belga (Allergoshop) q vende misturas para pão e panquecas com elevada percentagem de farinha de sorgo da marca Orgran.

Bom domingo,
Marta